O trabalho de proximidade feito pelas autarquias em questões sociais, sobretudo no apoio às vítimas de violência doméstica, foi destacado durante a visita de Rui Rio ao Espaço Júlia RIAV (Resposta Integrada de Apoio à Vítima), na Freguesia de Santo António.

“Quando estamos próximos do problema, temos capacidade para resolver muito melhor do que quando estamos longe. Esta proximidade é conseguida pelas autarquias. O Espaço Júlia é um espaço de referência e deve servir de exemplo”.

Acompanhado, nesta quinta-feira, por Vasco Morgado, Presidente da Freguesia de Santo António e por Inês Carrolo, Diretora do Espaço Júlia, o Presidente do Partido Social Democrata teve a oportunidade de conhecer este espaço multidisciplinar de intervenção e acompanhamento às vítimas de violência doméstica, a funcionar 365 dias por ano, 24 horas por dia. Em cooperação com o Comando Metropolitano de Lisboa da Polícia de Segurança Pública e o Centro Hospitalar Lisboa Central.

“Venho visitar este exemplo para incentivar outras freguesias de Lisboa e do resto do País, a colocarem na sua agenda política o problema da violência doméstica, e colherem aqui um bom exemplo”, afirmou o Presidente do PSD no final da visita.

Horas antes desta visita decorreu uma mesa redonda para debater e refletir a problemática da violência doméstica. A união de esforços, a prevenção, o trabalho em rede foram algumas das palavras de ordem. Para Inês Carrolo a violência contra os idosos é cada vez mais preocupante bem como a violência contra o sexo masculino. “Só o ano passado tivemos (no Espaço Júlia) 98 queixas feitas por senhores e não temos resposta.” Respostas que estão a ser pensadas e ponderadas por parte do Presidente da Freguesia de Santo António e pela sua equipa que, nesta questão da violência doméstica, não esquece a importância do acompanhamento ao agressor, uma lacuna nesta problemática.

Estiveram presentes neste debate Vasco Morgado, Presidente da Freguesia de Santo António, Inês Carrolo, Diretora do Espaço Júlia, João Massano, Vice Presidente do Conselho Regional da Ordem dos Advogados, Ana Mateus, Deputada da Assembleia Municipal de Lisboa do PSD, Margarida Medina Martins, Presidente da Associação de Mulheres contra a Violência, Mónica Quintela, Advogada do Centro Estratégia Nacional Justiça, Luís Newton, Presidente da Junta de Freguesia da Estrela, Constança Cabral, Associação da Ajuda de Mãe, João Pedro Costa, Vereador da Câmara Municipal de Lisboa, Paulo Ribeiro, Presidente da Concelhia do PSD.