A Freguesia de Santo António lembra que a segurança das pessoas não tem hora

O Governo decidiu encerrar o atendimento das zero horas às oito da manhã da única esquadra da PSP localizada na Freguesia de Santo António. Decisão essa que repudiamos veementemente.

Ao longo dos tempos temos assistido nesta freguesia ao encerramento de diversas esquadras policiais. Rua das Taipas, Praça da Alegria, Santa Marta

e agora a 22ª Esquadra do Rato aproxima-se do mesmo fim.

Não encontrando nós uma razão séria e fundamentada nesta decisão para a Esquadra da PSP do Rato, somos a pensar que esta errada e irresponsável medida, prende-se única e exclusivamente com uma decisão de índole ideológica-financeira.

A esquadra da PSP do Rato permite um maior policiamento de proximidade e um sentimento de maior segurança nos cidadãos, o encerramento ao público no período noturno representa um retrocesso naquela que deveria ser uma política de segurança pública. Já para não falar no sentimento de insegurança que representa para os cidadãos, comerciantes que trabalham na freguesia e para os turistas que todos os dias nos visitam.

De referir que a esquadra tem no seu corpo ativo 56 Agentes e apenas 1 carro de patrulha, as instalações bastantes degradadas e não existe nenhuma outra esquadra no território da nossa freguesia. Assim, e na sequência deste comunicado, propomos ao Senhor Ministro da Administração Interna, antes que o encerramento da esquadra se torne definitivo, o seguinte:

- Oiça as populações e as suas necessidades antes de fazer cortes a régua e esquadro na segurança das pessoas. Lembramos que, apesar desta freguesia ter cerca de 12 000 mil moradores, recebemos diariamente mais de 200 0000 pessoas, a todas as horas do dia. E somos das freguesias de Lisboa com mais comércio e mais turismo e com uma população idosa significativa;

2º - Ao invés deste encerramento de atendimento ao público da esquadra do Rato, reforce o território da freguesia com mais agentes e mais carros de patrulhamento;

3º - Elabore e execute um projeto de melhoria das instalações da referida esquadra para que os agentes possam desempenhar as suas funções com a merecida e devida dignidade.

Por fim, darmos nota da nossa total disponibilidade para ajudarmos a encontrar uma solução de manter uma ou mais esquadras da PSP na Freguesia de Santo António. Tendo já percorrido com o Comando da PSP locais na freguesia disponíveis para os receber, como é o caso da Praça da Alegria e a Rua Luciano Cordeiro, onde existem espaço livres, a freguesia está disponível para ajudar.

Por um serviço de policiamento de proximidade. Exigimos que a Esquadra da PSP do Rato continue ao serviço dos nossos cidadãos.