Uma história de família que nasceu na nossa freguesia

O gosto pelo comércio do calçado passou de geração em geração e deixou o apelido Ferrador de herança. Ainda hoje conhecido na nossa freguesia.

Foi pelas mãos de Firmino Ferrador e da mulher, Helena que o negócio foi crescendo e evoluindo com o tempo e hoje é pelo nome “Cerimónia” que são conhecidos. Entre sapatos, malas, marroquinaria a qualidade é a chave do sucesso.

“As pessoas podem encontrar sapatos maioritariamente portugueses, alguns sapatos espanhóis, malas de peles, artigos de viagem, desde etiquetas a malas, a carteiras de senhora, chapéus de chuva, cintos de pele”.

Explica-nos Paula Ferrador, sócia gerente, a segunda geração a continuar este negócio na nossa freguesia que tem duas lojas abertas. A primeira loja “Cerimónia” surge na rua Alexandre Herculano, nº49. Fazendo este ano 40 anos. Outra loja na rua de Santa Marta, nº45B.

Há três anos, as lojas têm na montra a divulgação de uma nova marca, Mon Mon by Nana Ferrador, um projeto da filha de Paula Ferrador, que se distingue por aproveitar os restos de peles que não iriam de outra forma ser aproveitados, tornando cada coleção única e de edição limitada.

“O conceito da marca, aliado ao gosto pelas cores é apresentar ao cliente um modelo exclusivo e que pode ser alterado pelo mesmo. Cada cliente pode personalizar os seus sapatos ao comprar presilhas de pele que estão disponíveis em mais de 10 cores diferentes e, assim, podem usar estes sapatos mais vezes e torná-los únicos”.

Um negócio de família que está nos dias de hoje na terceira geração que ao vender os seus sapatos acarreta consigo os detalhes, os princípios e a história da família Ferrador.