Boas práticas na deposição de resíduos nos ecopontos

A recolha de lixo tem gerado inúmeros incómodos tanto para moradores como para visitantes, sobretudo quando não são respeitadas as regras de deposição, que vão desde horários ao abandono do lixo na via pública. Para fazer face a este problema na área da Freguesia de Santo António, vão decorrer oito campanhas de sensibilização ambiental para o correto uso dos ecopontos e promoção dos comportamentos cívicos de deposição de resíduos nestes equipamentos. A primeira decorre já esta quinta-feira, dia 17 de outubro de 2019.
 
Apelar a população para a adoção de rotinas de deposição seletiva de resíduos, obrigatórias e fundamentais para a defesa do ambiente e garantia do futuro, é o principal objetivo desta campanha de sensibilização ambiental. Para Vasco Morgado, presidente da Junta de Freguesia de Santo António, “os resíduos são um problema de todos e está em cada um de nós a solução para minimizar o seu impacte na qualidade de vida dos nossos fregueses, comerciantes e visitantes. O Espaço Público é de todos, o civismo é seu!”.
 
Os serviços de Limpeza Urbana pretendem assim disponibilizar, durante esta campanha, folhetos do Município de Lisboa com informação genérica, em português e inglês, sobre a deposição e separação de resíduos nos ecopontos, juntamente com um folheto informativo sobre as competências da Limpeza Urbana da freguesia.
 
Para além desta ação de sensibilização ambiental, a Freguesia de Santo António encontra-se a promover com a Polícia Municipal (PM) e a Câmara Municipal de Lisboa (CML) outras ações com o objetivo de sensibilizar comerciantes sobre as regras de deposição de lixo e as principais alterações ao regulamento de resíduos da cidade de Lisboa.
 
O abandono de resíduos ou lixo volumoso na via pública ou junto a ecopontos é uma contraordenação punível com coima. Sendo certo que a recolha de lixo é da responsabilidade da Câmara Municipal de Lisboa (CML), à Junta de Freguesia cabe assegurar a limpeza das vias e espaços públicos, sarjetas e sumidouros. A juntar a estas competências, a Junta assinou em julho de 2019, um contrato de delegação de competências com o Município de Lisboa, para a recolha de resíduos indevidamente depositados junto a ecopontos de superfície, ecopontos subterrâneos e vidrões.
 
Um ecoponto subterrâneo trata-se de um sistema de deposição de resíduos de suporte ao atual sistema já implementado e que permite a separação e acondicionamento dos resíduos de forma cómoda, higiénica e segura.
 
QUEREMOS FAZER DIFERENTE. QUEREMOS FAZER MELHOR.
AJUDE A CUIDAR DA NOSSA FREGUESIA!
 
Data: 17 de outubro de 2019
Hora: 15h às 19h
Locais: Ecoponto subterrâneo da Barata Salgueiro frente nº 1; Ecoponto subterrâneo da Rodrigues Sampaio nº6; Ecoponto da Praça da Alegria; Ecoponto da Sociedade Farmacêutica; Ecoponto Subterrâneo Largo Hintze Ribeiro.