Somos convidados a entrar na cidade da Alegria pela mão de José, um menino de olhos azuis e de cabelo castanho. Todos os dias ajuda a sua tia na loja do suspiro. Mas ele sonha com algo mais: tornar a vida melhor e mais agradável para quem vive naquela cidade.

Para que isso aconteça junta-se ao capitão do exército das formigas, a uma formiga brasileira, a uma formiga francesa e a um bicho de contas. Entre muita brincadeira e música sonham em fazer o maior suspiro do Mundo, mas percebem que “não basta sonhar, é preciso concretizar”.

Das prateleiras para os palcos, o livro de Natacha Summer Ferreira lembra-nos que é possível realizar os nossos sonhos.

“O José é na verdade o meu avô José Ferreira, por isso ele tem este cabelo e olhos azuis porque o meu avô é assim. E este livro surge porque cria muito contribuir para a educação e cultura do nosso país, como também queria muito homenagear os avós portugueses. O meu avô foi tão importante na minha vida que hoje este livro já faz parte do Plano Nacional de Leitura. E acabou por crescer e está em formato musical com uma componente pedagógica que nos ensina que para um sonho se realizar é preciso concretizar”. Palavras da autora visivelmente orgulhosa e feliz deste seu primeiro livro que se transformou num musical, produzido pela Companhia da Esquina, o qual as crianças das escolas da Freguesia de Santo António tiveram a felicidade de assistir no dia 29 de maio, no Teatro Villaret.

“José, o menino do suspiro”, é uma aventura destinada às crianças e aos adultos, com músicas originais e um elenco divertido (André Nunes, Diogo Bach, Joana Brito Silva, Marta Andrino, Paulo Vintém, Pedro Pernas, Quimbé e Sofia Duarte Silva) que cria memórias felizes a quem se atreve a sonhar. E esta aventura de José não ficará por aqui, uma vez que a autora garantiu já estar a pensar noutra história para este menino.

 

Créditos das fotografias: Tiago Seither Afonso