O sol já se despedia e os primeiros auscultadores eram distribuídos no Jardim do Torel. Pela primeira vez, na Freguesia de Santo António de Lisboa, tínhamos uma Silent Party.

“A silent party é uma festa em espaços públicos (parques, jardins, ruas) onde estão dois DJs a colocar música ao mesmo tempo. As pessoas levam uns headphones à entrada e escolhem a música do DJ A ou B. A grande vantagem deste conceito é que não provoca grande barulho, a música só é ouvida através dos headphones”. Um conceito diferente que, Manuela Costa, responsável pela empresa Silent Portugal, importou para o nosso país e o qual afirma que primeiro “estranha-se e depois entranha-se”.

“No início, vemos as pessoas a cantarem uma música e depois outra e não se ouve a música. É um bocadinho estranho para quem está de fora, mas depois acham muito giro. A partir do momento que põe os auscultadores envolvem-se na música e esquecem tudo à volta”.

E foi o que aconteceu com Jaime Ernesto e Inês Silva, que não conheciam o conceito, mas quiseram experimentar no dia 28 de setembro de 2019.

“É muito engraçado e quando tiramos os headphones e olhamos para as pessoas é como se tivessem todos num manicómio (risos). Estou a brincar, mas de facto é um conceito muito giro, que não perturba ninguém. Uma ideia a repetir”.

Maravilhados com o conceito estavam os amigos de Cristiani que souberam do evento através do site da Freguesia de Santo António. 

“Fomos os primeiros a entrar e acho que vamos ser os últimos a sair (risos). É uma ideia fantástica, que não conhecíamos e estamos a adorar estar entre amigos a dançar neste espaço lindo”.

Vasco Morgado, Presidente da Freguesia de Santo António, pretendeu demonstrar com este evento que “é possível divertirmo-nos sem incomodar quem vive e quer descansar, conseguindo isto através do uso das novas tecnologias. Lisboa não pode deixar de pensar, em primeiro lugar, no descanso das Pessoas que (ainda) cá moram”.

A batalha musical esteve a cargo dos Echosound que durante cinco horas ajudaram a dar as boas-vindas ao outono. Percorrendo grandes êxitos da música portuguesa e internacional, miúdos e graúdos dançaram e fizeram a festa, mas sempre em silêncio. 

Este evento contou com o apoio da Cerveja Sagres com os seus copos reutilizáveis e com a presença das Águas de Portugal com a distribuição de águas com sabores para todos "WATER ON WHELLS". O valor angariado na venda de bebidas reverteu para a compra de alimentos da Mercearia Social VALOR Humano.

Saiba como foi a primeira Silent Party da Freguesia carregando o vídeo AQUI