A manhã do dia 5 de dezembro ficou marcada pela visita da Secretária de Estado do Trabalho, Emprego, Assuntos Sociais e Veteranos de Guerra da República da Sérvia, Stana Bozovic, da Chefe de Gabinete UN Women, Milana Rikanovic, e de toda uma delegação de diferentes Ministérios da Sérvia, ao Espaço Júlia.

“Estamos aqui convosco para nos apoiarem e vermos como as coisas são feitas num País membro da União Europeia e com tantas boas práticas. Queremos aprender a dar respostas eficazes em relação à violência doméstica. Por isso vamos aproveitar esta oportunidade para fazer todas as perguntas”, afirmou a Secretária de Estado da Sérvia enquanto visitava o Espaço Júlia reforçando que “temos a obrigação de dar uma resposta à violência e antes de tudo temos que prevenir”.

O projeto Melhoria da Segurança das Mulheres na Sérvia é implementado pela Presença do Programa das Mulheres da ONU na Sérvia, em cooperação com o Ministério do Interior da República da Sérvia e o Ministério da Justiça, no período 2019-2021. O objetivo do projeto a longo prazo é que as mulheres e as meninas na Sérvia vivam numa sociedade livre de estereótipos de género e violência, como aumentar o conhecimento e as capacidades dos polícias e atores da justiça para introduzirem e implementarem na prática medidas urgentes de proteção das vítimas contra o autor da violência.

Prevenção, mudança de mentalidades e a necessidade de fazer mais e melhor foram as palavras de ordem durante esta visita que, para Vasco Morgado, Presidente da Freguesia de Santo António foi uma honra receber esta delegação da Sérvia e um sinal de “aumento de responsabilidade de dia para dia onde queremos fazer mais e melhor”.

O Chefe Dias, Responsável da PSP no Espaço Júlia, relembrou os presentes que “as mentalidades não mudam por decreto e que por detrás de cada número há uma história que é necessário conhecer”.

Neste encontro a apresentação do Espaço Júlia continuou num dos auditórios do Centro Hospitalar Universitário de Lisboa Central onde Inês Carrolo, Diretora Técnica do Espaço Júlia, falou das 1599 denúncias recebidas desde o dia 27 de julho de 2015, data de funcionamento, reforçando para o aumento de denúncias por parte do sexo masculino.

Esta visita no terreno serviu, não só para conhecer o Espaço como também as entidades cooperantes deste projeto – Freguesia de Santo António, Comando Metropolitano de Lisboa da Polícia de Segurança Pública e o Centro Hospitalar Universitário de Lisboa Central.

Neste dia destaque para a presença da Comandante da 1ª Divisão da PSP Subintendente Sofia Gordinho, a Enfermeira Diretora Maria José Costa Dias, Enfermeira Diretora Adjunta do HSAC, Anabela Gama, Teresa Costa e Ana Caetano, Secretária-Geral Adjunta da Secretaria-Geral do MAI e Diretora de Serviços da Secretaria-Geral do MAI.

No final troca de algumas lembranças entre a Freguesia de Santo António e a delegação da Sérvia.