Já fecharam as portas? Não é para ninguém entrar, é mesmo para vocês não conseguirem sair. Jorge Mourato arrancava os primeiros risos do Cineteatro Capitólio, no Parque Mayer, de todos os que aceitaram o convite da Freguesia de Santo António, para este espetáculo de Stand Up.

“Este espetáculo é um desabafo onde estou a falar do meu percurso de vida e a partilhar momentos que eu acho que têm alguma piada. Daí o título SINCERA.MENTE, porque “sou sinceramente vosso”.

É um abrir de portas da minha vida que eu acho que têm alguma piada”, afirma Jorge Mourato em entrevista à Freguesia de Santo António.

Natural da Marinha Grande, chega a Lisboa aos 17 anos, e as várias peripécias de um jovem estudante de Ciência Política, fizeram parte da noite de 10 de dezembro.

Muitas foram as pessoas que levantaram os seus convites na sede e no polo da freguesia para, livremente e durante uma hora, percorrerem as diferentes fases da vida do comediante.

“Este foi o meu público verdadeiro, porque o primeiro espetáculo foi uma experiência que fiz para amigos. O segundo foi na minha terra, na Marinha Grande e a Freguesia de Santo António foi o meu primeiro público anónimo”.

A partir de janeiro de 2020 “SINCERA.MENTE” vai estar em cena uma vez por semana no Teatro Villaret. Não perca!