Esta terça-feira, a reabilitação da Igreja de São José dos Carpinteiros e Casa dos Vinte e Quatro, que esteve a cargo do Atelier RA Rebelo de Andrade Studio, foi distinguida com o Prémio Gulbenkian Património – Maria Teresa e Vasco Vilalva.


Sobre a obra de reabilitação, o arquiteto Luís Rebelo de Andrade não deixa de frisar que contou “com uma equipa pluridisciplinar de qualidade a quem devo um agradecimento muito especial – sem eles o prémio não teria sido atribuído a esta reabilitação”.


“O edifício tinha uma série de construções que não faziam parte da sua história original, com pátios cobertos, pisos sobrepostos… Foi um trabalho de grande limpeza, mas também de tomada de decisões, sempre que nos apareciam surpresas”, explica Luís Rebelo de Andrade.


Para a atribuição do prémio, o júri destacou pontos como a localização do edifício, num “bairro que mantém uma vivência muito particular”, “a abertura do espaço à comunidade de que o monumento faz parte” e a “pluridisciplinaridade e nível de qualificação da equipa responsável pela intervenção”. Na decisão pesou ainda a exposição de homenagem a Gonçalo Ribeiro Teles, arquiteto paisagista e freguês de Santo António.


Referindo-se ao arquiteto paisagista, que morava na rua onde se encontra a igreja, Luís Rebelo de Andrade conta como o sacristão esperava pela chegada de Ribeiro Teles para ligar o gira-discos e começar a celebração da missa.


“A igreja conta uma história. Está numa das ruas mais antigas de Lisboa e tudo isso entra no universo da nossa análise. Este era, de facto, o bairro de Gonçalo Ribeiro Telles, que também era juiz desta irmandade [dos Vinte e Quatro]”, termina Luís Rebelo de Andrade.


O Prémio Gulbenkian Património – Maria Teresa e Vasco Vilalva “foi criado em 2007 com o intuito de distinguir um projeto de excelência na área da conservação, recuperação, valorização ou divulgação do património cultural português, imóvel ou móvel”, tal como se pode ler no website da Fundação Calouste Gulbenkian.

Saiba mais sobre a Igreja de São José dos Carpinteiros e a Casa dos Vinte e Quatro através da reportagem na nossa Magazine Santo António de setembro 2020.