O dia da Austrália foi comemorado na Sociedade Nacional de Belas Artes com a inauguração da exposição “Obras de Arte Indígena da Austrália - Ilhas do Estreito de Torres” e com a exibição do vídeo de imagens em movimento da Austrália (“Moving Images of Australia”).
Neste dia o Embaixador da Austrália em Portugal, Peter Rayner, no seu último ano como Embaixador, realçou os “fortes laços” entre os dois países como evidenciou que o dia da Austrália “é uma celebração da diversidade e tolerância na sociedade australiana, abrangendo todas as origens étnicas e pontos de vista políticos”.

Palavras proferidas perante uma vasta plateia de diferentes índoles que fez questão de marcar presença e celebrar a diversidade.
A exposição que esteve patente até ao dia 9 de fevereiro, contou com os trabalhos de cinco artistas de Ilhas do Estreito de Torres - Alick Tipoti, Glen Mackie, Joel Sam, Solomon Booth e Victor Motlop – que “recorrendo a técnicas modernas, narram lendas e mitos das suas tribos, nas quais predomina uma forte ligação ao mar”.
Um evento em parceria com a Sociedade Nacional de Belas Artes (SNBA), a Embaixada da Austrália e a Freguesia de Santo António.